Fechar
Início do Conteúdo Principal

Café Catuaí

Café CatuaíOrigemOriginou-se como produto de recombinação a partir de um cruzamento artificial entre cafeeiros selecionados, pela produtividade, das cultivares Caturra Amarelo, IAC 476-11 e Mundo Novo IAC 374-19, de C. arabica. A hibridação foi realizada em Campinas, em 1949 e o híbrido recebeu o prefixo IAC H 2077. Teve-se em vista transferir para a cultivar Mundo Novo o fator dominante Caturra (CtCt), o qual confere porte baixo, por meio da redução do comprimento dos internódios. Na população F (IAC H2077-2-5), homozigota, CtCt e heterozigota 3 para os alelos Xcxc, responsáveis pela cor do exocarpo, selecionaram-se plantas com frutos de cor vermelha. Aos descendentes desses cafeeiros na geração F e gerações subseqüentes, caracterizados por serem vigorosos 4 e altamente produtivos, deu-se a denominação de Catuaí Vermelho. O termo Catuaí, em tupi-guarani, significa “muito bom”. A cultivar foi lançada para fins comerciais, em 1972, pelo IAC e registrada no Registro Nacional de Cultivares (RNC), em 1999.  CaracterísticasEstas cultivares são suscetíveis à ferrugem e aos nematóides, mas possuem elevado vigor. A altura das plantas pode atingir 2,0 a 2,4m, em média e o diâmetro da copa, de 1,7 a 2,1m. Em algumas regiões cafeeiras, como em Patrocínio, MG, essas dimensões podem ser bem maiores. Os internódios são curtos e a ramificação secundária é abundante. O sistema radicular é bem desenvolvido. As folhas novas são de cor verde-clara e as adultas, verde-escuro brilhante. As inflorescências ocorrem em número de 3 a 5 por axila foliar, com três a cinco flores por inflorescência. Usualmente, os dois florescimentos principais ocorrem nos meses de setembro e outubro, e a maturação dos frutos, em maio e junho. O número médio de dias desde a fertilização à maturação completa dos frutos, nas condições de Campinas, SP, é de 230. O peso médio do fruto varia de 1,10 a 1,24 g e o peso médio de 1.000 sementes do tipo chato, de 102 a 123 g. O valor da peneira média é 6,5. A porcentagem de sementes normais, do tipo chato, oscila de 82,3% a 89, 1%. O rendimento é em torno de 50%. A produção média de café beneficiado, em espaçamentos normais, varia de 1.800 a 2.400 kg por ha. Produções de até 6.000 kg podem ser obtidas em anos de elevada produção e em espaçamentos menores. Em plantios adensados ou superadensados, a produtividade anual pode alcançar, em média, até 3.000 kg. Em áreas irrigadas e no espaçamento de 3,8 m x 0,5 m, como ocorre em Barreiras, BA, a produtividade média chega a ser de 3.600 kg/ha. A qualidade da bebida é excelente. A participação da cultivar Bourbon Vermelho em sua formação é de 75%. A uniformidade de uma lavoura de 'Catuaí Vermelho IAC 144' cultivada sob pivô central, está ilustrada na Figura 4.Fonte: http://www.consorciopesquisacafe.com.br/index.php/tecnologias/separador-8/cultivares/501-catuai-vermelho

Outras Mudas - Especiarias