Fechar
Início do Conteúdo Principal

Palmeira Imperial

Palmeira Imperial Nome Científico: Roystonea oleraceaSinonímia: Areca oleracea, Oreodoxa oleracea, Kentia oleracea, Gorgasia oleracea, Euterpe caribaea, Gorgasia maxima, Oreodoxa caribaea, Roystonea caribae, Oreodoxa regia, Roystonea venezuelanaNomes Populares: Palmeira-imperial, Palmeira-realFamília: ArecaceaeClima: Equatorial, Mediterrâneo, Oceânico, Subtropical, TropicalOrigem: América Central, América do Norte, América do Sul, Antilhas, Colômbia, Trindade e Tobago, VenezuelaAltura: acima de 12 metrosLuminosidade: Sol Pleno Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente. Ela responde bem à adubação, crescendo em velocidade. Fertilize com adubos próprios para palmeiras durante o período de crescimento. Aprecia o calor e a umidade tropicais, sendo menos resistente ao frio do que a palmeira-real-de-cuba. Ainda assim, é possível cultivá-la em clima subtropical, em centros urbanos e vales, menos sujeitos a geadas e frio intenso. Resiste muito bem aos ventos, embora não seja tão flexível a ponto de tolerar tornados fortes, como algumas espécies de palmeiras. Multiplica-se por sementes, recém colhidas de frutos maduros e postas a germinar em substrato arenoso e mantido úmido, preferencialmente em estufa. A germinação leva cerca de 70 dias para ocorrer.Fonte: http://www.jardineiro.net/plantas/palmeira-imperial-roystonea-oleracea.html

Outras Mudas - Plantas Ornamentais