Fechar
Início do Conteúdo Principal

Pinhão do Paraná

Pinhão do ParanáNome científico: Araucaria angustifolia, (Bert) O Ktze
Nome popular: Pinheiro-do-paraná
Família botânica: Araucariaceae
Características gerais: Nativo desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, com vários tipos, como o caiová, o pinheiro-de-macaco e o chorão. Todos dão o pinhão, semente de um fruto de nome ouriço ou pinha, pela sua forma, que contém de 100 até 180 pinhões, mas uma parte destes é chocha, sem semente. O ouriço pesa de 2 a 4 kg, pode cair ou abrir na plan­ta, derrubando os pinhões, que são coletados no chão. Cada pinhão é formado de casca, com três camadas, amêndoa comestível e amilácia, de cor branca ou rosácea. Cada semente tem de 5 a 7 cm de comprimento e 1 a 2 cm de diâmetro, de forma obovada a cuneiforme, de cores diferentes, conforme o tipo. A produção é usual nos meses de abril a maio.
Usos:  Comido assado ou cozido, também pode consumido ser ao natural e utilizado em confeitaria. O pinhão tem alto valor calórico, com 282 kcal por 100 g de polpa; 5,3 g de proteína; 1,2 g de gorduras; 17 g de fibras; é rico em cálcio, fósforo, ferro e amido com 32% a 37%. O teor de ácido ascórbico – vita­mina C – situa-se em torno de 23 mg por 100 g de polpa. Em 100 g de pinhão há 6 g de água; 571 kcal; 10,71 g de proteínas, gorduras, com ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, colesterol – zero; e 7,14 g de carboidratos.

Fonte: http://www.todafruta.com.br/pinhao/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas