Fechar
Início do Conteúdo Principal

Graviola

GraviolaNome científicoAnnona muricata L
Nomes populares: Graviola; em espanhol, guanabana; em inglês, soursop
Família botânica: Annonaceae
Características gerais: tem como seu centro de origem a América Tropical, mas está distribuída por várias regiões americanas e alguns países asiáticos e africanos. Recebe vários diferentes nomes, como guanabana, em espanhol, e soursop, em inglês. Os países maiores produtores são o México, Brasil, Venezuela, Equador e Colômbia. No Brasil, estados do Nordeste, como Bahia, Ceará, Pernambuco e Alagoas são os maiores produtores, mas também no Norte do País e em Minas Gerais. A infrutescência da graviola é formada de muitos carpelos, dando um “fruto” grande, de 15 até 35 cm, com peso de 0,5 a 15 kg. Os carpelos são separados por um sulco fino, no centro do carpelo há um falso espinho, chamado de espícula, com curvatura para baixo, que dá um aspecto típico ao fruto. Quando o fruto está maduro, a casca é mediana em espessura e passa de um verde-escuro para verde-claro e brilhante, ficando o fruto mole. A polpa é branca, ácida, aromática, com sabor muito agradável, com muitas sementes negras, até perto de 500 por fruto, obovadas, planas, com cerca de 1,5 a 2 cm e peso de 0,50 a 0,60 g cada uma. Há variedades ou tipos de graviola que são mais plantadas, como a Morada, Lisa Crioula e Comum. Há tipos que variam também na qualidade pela acidez do fruto, além da forma e tamanho do fruto. As mais doces, ou menos ácidas, podem ser consumidas ao natural, e as outras como drinques, sucos, sorvetes e outros produtos. A produção no Nordeste ocorre em todo o ano, com pico entre dezembro e junho, podendo concentrar-se mais em um ou até 3 meses do citado período, dependendo do Estado. No Ceagesp-SP, a graviola é ofertada entre novembro e dezembro e depois entre março e abril. No período de colheita, ela deve ser feita com frequência, pois os frutos amadurecem rapidamente e em épocas variadas. Usualmente, o ponto melhor de colheita é quando a casca do fruto muda de cor, de verde-escuro fosco para verde-claro brilhante, com os carpelos mostrando um espaço maior entre as espículas e amolecimento da parte distal do fruto, mas com o fruto ainda firme. O ideal é armazenar os frutos após a colheita em ambiente refrigerado, pois senão amadurecem muito rápido. A temperatura mínima para conservar bem os frutos até 7 dias é de 12 oC.

Fonte: http://www.todafruta.com.br/graviola/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas