Fechar
Início do Conteúdo Principal

Pequi

PequiNome científico: Caryocar brasiliense Camb.
Nome popular: Piqui ou pequi
Família botânica: Caryocaraceae
Características gerais: árvore que atinge 10 m de altura, o piquizeiro é uma das mais importantes plantas para a alimentação do homem do campo e que cada vez mais conquista destaque nos cardápios dos restaurantes de comidas típicas da região. Ocorrendo em campo, cerrado, cerradão e em “murunduns” da Bahia, do Distrito Federal, de Goiás, de Minas Gerais, do Mato Grosso do Sul e de São Paulo, é considerada também árvore ornamental, pelo formato da copa e pelo arranjo externo das suas flores alvas  Floresce de junho a outubro e frutifica de agosto a janeiro. Suas folhas, ricas em tanino, fornecem substância tintorial, usadas pelas tecelãs (Barradas, 1971). O caule, com madeira bastante resistente, é usado como fonte de carvão siderúrgico. As raízes prestam-se para a preparação de cavernames de pequenas embarcações. Piqui ou pequi, palavra que se origina do tupi pyqui, onde py = casca e qui = espinho (segundo Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais, 1983), referindo-se aos espinhos do endocarpo (parte dura do caroço) do fruto .
Usos: a polpa dos frutos cozidos, usada na alimentação humana, tem grande aceitação com farinha, arroz, feijão e galinha. Tanto pode ser usada na fabricação de licores ou sabões caseiros como na alimentação de animais domésticos, ovinos e suínos. Serve também de alimento aos animais silvestres, como arara, cutia, tatu-peba e veados. Era comum a “espera” (caça) dos veados na época de floração do piqui. O gado também se alimenta desses frutos, porém torna-se problemática a ação mecânica, devido aos espinhos, não só no processo de deglutição como no de ruminação (HOEMO,1939).
Propriedades medicinais: é bastante disseminada na medicina popular regional a utilização do óleo do piqui adicionado ao mel de abelha contra gripes e bronquites. Na década de 1940, o óleo de piqui era usado no preparo da “emulsão de piqui”e o “piquióleo”, para tratamento das doenças do aparelho respiratório. Além do aspecto medicinal, esse óleo de piqui é usado na alimentação e na indústria de cosméticos para fabricação de cremes e sabonetes.Fonte: http://www.todafruta.com.br/pequi/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas