Fechar
Início do Conteúdo Principal

Cajá Manga

Cajá MangaNome científico: Spondias dulcis Som.
Nomes populares: Cajá-manga, cajarana, taperebá-do-sertão, ambarela em espanhol e, em inglês, otaheite apple
Família botânica: Anacardiaceae
Características gerais: É nativa das Ilhas Sociedade, no oceano Pacífico, Polinésia, de onde provavelmente foi introduzida na Jamaica e chegou ao Brasil pelas Guianas, tornando-se comum no Nordeste e outras regiões brasileiras. O fruto é uma drupa elipsoide, cilíndrica, com 6 a 10 cm de comprimento e 5 a 9 cm de diâmetro, com peso de até 380 g, mas usualmente menor, com cerca de 150 g, ou pouco menos, no tipo cajá-anão, introduzido pela Unesp/Jaboticabal na década de 1980. A cor externa da casca é amarela, mas no geral é manchada de pardo. A polpa é amarelada, ácida ou agridoce, aromática, com uma semente grande, fibrosa e espinhosa, o que dificulta seu consumo ao natural, também pela presença de fibras na polpa. Esta é cerca de 60 % do peso do fruto e a semente e casca 40 %.
Usos: lém de seu consumo ao natural, pelo seu sabor atraente para alguns, o cajá-manga pode ser utilizado em sucos, geleia, compota, doces, picles e tem valor medicinal. Aparece no mercado paulista entre maio e junho, sendo já produzido comercialmente, embora parte do que é comercializado provenha de plantas de pomares caseiros, onde é comum, apesar do tamanho elevado da planta. O cajá-anão citado produz frutos de qualidade e tamanho inferiores, mas sua planta é de pequeno porte e entra precocemente em produção.
Foto 1. Cajá-manga cortado, mostrando sua polpa, e fruto inteiro com manchas, como vendido no mercado.
Foto 2. Planta de cajá anão com frutos.
VALOR NUTRICIONAL DO CAJÁ-MANGA
A composição da polpa é de 72 % de umidade; 0,38 % de lipídios; acidez de 0,67 %; com 9,28 % de açúcares redutores; sólidos solúveis totais de 5 oBrix  e carboidratos.
Minerais – Cálcio – 13 mg; magnésio – 11 mg; fósforo – 24 mg; ferro – 0,2 mg; potássio – 119 mg.
Vitaminas – vitamina A – 635 UI; B1 – 0,11 ou 50 mcg; vitamina C – 26,7 a 35 mg.
Fonte: DONADIO, L.C.; ZACCARO, R.P. Valor nutricional de frutas.
INFORMAÇÕES ADICIONAIS
Chamada de vários outros nomes em diversos países onde produz e é bem conhecido, tais como ambarela manzana de Tahiti, em espanhol, e otaheite apple, em inglês, o cajá-manga também é conhecido no nordeste brasileiro por cajarana e taperebá-do-sertão. Apesar de sua origem asiática, se adaptou muito bem em diversas regiões do Brasil e chega a ser fruta comum em pomares de fundo de quintal, embora não seja muito comercializada. Sua produção é bem concentrada entre abril e junho no estado de São Paulo, tendo a planta um hábito interessante de perder as folhas no inverno, como se fosse uma planta de clima temperado
DONADIO, L. C. & outros. Frutas Exóticas, Funep, 1998.
Fonte: http://www.todafruta.com.br/caja-manga/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas