Fechar
Início do Conteúdo Principal

Longan

LonganNome científico: Dimocarpus longan (Lour.) Steud.
Nomes populares: Longan, olho-de-dragão; em espanhol, mamoncillo-chino.
Família botânica: Sapindaceae
Distribuição geográfica e habitat: origem asiática, provavelmente do Sul da China à Tailândia.
Clima e solo: Adapta-se bem às regiões subtropical e tropical, com período de frio.
Características gerais: a planta é de porte alto, chegando até 15 a 18 metros. As folhas são pequenas, compostas, com dois a cinco pares de folíolos lanceolados, de cor verde escura. As flores saem em panículas terminais usualmente, com muitas flores pequenas, que resultarão em cachos de frutos. Os frutos são arredondados, de 1,5 a 2,5 cm ou mais de diâmetro, de cor marrom-claros a esverdeados e lisos, com casca quebradiça e fina, recobrindo uma polpa translúcida, que engloba uma semente grande de coloração marrom-escura a preta, com arilo branco.
Variedades: já existem variedades melhoradas de longan, como a Kohala, introduzida em 1986, pela Unesp de Jaboticabal, proveniente da Flórida, mas desenvolvida no Havaí. Muitas outras variedades existem na Ásia.
Usos: pode ser consumido ao natural, pois suas variedades melhoradas são doces, de excelente sabor, contendo mais de 15% de açúcares, embora contenha quase sempre uma semente muito grande. Pode também ser conservada em calda ou desidratada, como a lichia, ou usada para se fazer geleia, musses e doces. É considerado na medicina chinesa um alimento tipo yang, de alto valor nutritivo. Como a lichia, também é consumido como passa.

Fonte: http://www.todafruta.com.br/longan/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas