Fechar
Início do Conteúdo Principal

Castanha do Pará

Castanha do ParáNome científico: Bertholletia excelsa H. B.
Nomes populares: Castanha-do-brasil, castanha-do-pará, inhaúba e outros 36 nomes
Família botânica: Lecythidaceae
Características gerais: Sua primeira denominação é inhaúba, nome indígena que provém de nhá-iba, ou “árvore que dá fruta” (NASCIMENTO et al., 2010). Esses autores publicaram pela Sociedade Brasileira de Fruticultura um livro sobre a castanha, que contém muitas informações aqui dadas. O fruto, chamado de ouriço, é um tipo botânico chamado pixídio, que é uma cápsula dura, lenhosa e esférica, que pode pesar de 500 a 1.500 g, tendo de 15 a 24 sementes, que contêm as castanhas, e medem de 4 a 7 cm de comprimento, com casca rugosa e dura. Como a planta é muito alta, a coleta dos frutos é feita após sua queda, o que se dá na Amazônia entre dezembro e abril. Esse tipo de coleta do fruto no chão pode dar efeito na qualidade da noz. A região Norte do Brasil produz mais de 98 % da castanha comercializada no país e representa importante fonte de receita e trabalho para indígenas e populações locais. Os principais países produtores são Bolívia, Brasil, Costa do Marfim e Peru, mas a produção total vem decaindo desde a década de 1980. Após colhidos, os frutos são levados para beneficiamento, que consiste na extração da casca, secagem, retirada ou não da película e embalagem das amêndoas, embora ainda parte seja comercializada sem a extração da casca da amêndoa.
Fonte: DONADIO, L.C.; ZACCARO, R.P. Valor nutricional de frutas.
Fonte: http://www.todafruta.com.br/castanha-do-brasil/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas