Fechar
Início do Conteúdo Principal

Cereja do Rio Grande

Cereja do Rio Grande
Nome Científico: Eugenia involucrata DC.
Nome Popular: Cereja-do-rio-grande, cereja-nativa, cereja-do-uruguai, cereja-do-mato, araçazeiro.
Família Botânica: Myrtaceae
Distribuição Geográfica e Habitat: Ocorre de forma natural no Brasil, Bolívia, Argentina, Paraguai e Uruguai. No Brasil, ocorre desde São Paulo até o Rio Grande do Sul, nas formações florestais do complexo atlântico e nas florestas e cerrados da bacia do Paraná. Ocorre ainda no Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás, nas florestas estacionais semidecíduas e nos cerrados “senso lato”. 
Características Gerais: Árvore de porte pequeno a médio, de a  5 a 10 m de altura. Tronco ereto, com ramificações tortuosas, pouco suberoso, com casca acinzentada. Folhas simples opostas, lanceoladas com pelos curtos nas nervuras, aromáticas e com pontos translúcidos. No inverno há uma queda de parte das folhas velhas, com nova vegetação no início da primavera, quando floresce. Flores brancas, numerosas, pequenas, com odor agradável, usada na indústria de perfumaria. Fruto baga, subglobosa ou globosa, de 3 cm ou mais, levemente pubescente, amarelado, velutino quando jovem, com uma semente grande castanho-clara. 
Clima e Solo: Pode ser encontrada em temperaturas entre 8,2 a 24,7 °C, com chuvas uniformemente distribuídas na Região Sul e periódicas, nas demais regiões. O regime de precipitação pluvial média anual pode ocorrer desde 1.000 mm no Estado de São Paulo, a 2.500 mm no Estado do Rio de Janeiro. Suporta geada. Requer solos de alta fertilidade, bem drenados, com textura areno-argilosa.         
Usos: Usualmente consumido natural, o fruto contém em média 74% de polpa, 24,5% de semente e 1,5% de casca. Pode ser usado para geleia, doces e licores.
Curiosidades: É uma excelente espécie ornamental devido as suas folhas persistentes, de coloração verde-escura, brilhantes e lisas que dão ao vegetal uma aparência vistosa, podendo ser utilizada na arborização de ruas estreitas, sob redes elétricas. Por atraírem a fauna silvestre, especialmente os pássaros, é indicada para plantios destinados à recuperação de áreas degradadas.
Fonte: http://www.todafruta.com.br/cereja-do-rio-grande/

Outras Mudas - Plantas Frutíferas